Capa: Inês Amaral (2016) Redes Sociais na Internet: Sociabilidades Emergentes. Communication  +  Philosophy  +  Humanities. .
Redes Sociais na Internet: Sociabilidades Emergentes

by Inês Amaral

Collection: LabCom Books
Series: Communication Research
Year of edition: 2016
ISBN: 978-989-654-352-5


Download PDF - 3332 KB


Synopsis

A presente investigação pretende analisar se da apropriação de ferramentas de interação mediada por computador, através de técnicas de indexação semântica, emergem novas modalidades de sociabilidade e se efetivam novas práticas e relações sociais que representam um termómetro desterritorializado da sociedade. O argumento central deste livro é o de que o conteúdo é o novo laço relacional das redes sociais assimétricas, transformando estas estruturas em mapas de mediações e interações sociais delineadas pela utilização da técnica.

Os resultados globais da investigação permitem afirmar que emergem novas modalidades de sociabilidade que decorrem de práticas potenciadas pelas ferramentas técnicas e são distintas das tradicionais, concretizando-se em interações e relações sociais baseadas no conteúdo e mobilizando diversas formas de capital social. Identificámos um padrão de «individualismo em rede» (Wellman e Gulia, 1999; Castells, 2003; Recuero, 2009) que traduz potencial de ação colectiva e viralidade, velocidade de transmissão da informação e integração de audiências de audiências com redes múltiplas. Este modelo de participação evidencia ainda fraca cooperação e reciprocidade, estruturas sociais fragmentadas em pequenos grupos coesos e sedimentadas com a prevalência de laços fracos, atores centrais e redes pouco democráticas. Os novos laços sociais que interligam redes a redes no ciberespaço centram-se no conteúdo e na conversação, transformando as tradicionais audiências e os consumidores em prosumers e abrindo possibilidades a novos gatekeepers, mas não materializam o fim da centralidade dos media profissionais. A conclusão global desta investigação é a de que nas redes sociais assimétricas, criadas através da indexação do conteúdo, emergem sociabilidades distintas das tradicionais que permitem a construção de uma realidade social própria e se traduzem num termómetro desterritorializado das sociedades info-incluídas.



Index

p.p1 {margin: 0.0px 0.0px 0.0px 0.0px; text-align: justify; line-height: 15.4px; font: 11.0px 'Roboto Condensed'} p.p2 {margin: 0.0px 0.0px 0.0px 0.0px; line-height: 15.4px; font: 10.0px 'Roboto Condensed Light'; min-height: 11.0px} p.p3 {margin: 0.0px 0.0px 0.0px 0.0px; line-height: 15.4px; font: 10.0px 'Roboto Condensed Light'} span.Apple-tab-span {white-space:pre}

Introdução - 13

Capítulo 1 - Para um contexto da mudança de paradigma social e comunicativo - 17
1. A emergência da Internet como uma plataforma participativa: registos de uma mudança - 20
2. Reformulação estrutural do processo de comunicação: da massificação à individualização - 29
3. O receptor transformado em utilizador e emissor - 37
4. Novo conceito de esfera pública - 40
5. Novas formas de sociabilidade - 47

Capítulo 2 - Desterritorialização da sociedade - 53
1. Metamorfose da noção de território - 55
2. Redefinição de conceitos: espaço, lugar, rede e comunidade - 60
3. Metáfora de presença: lugares e não-lugares no ciberespaço - 68
4. A técnica e as novas formas de sociabilidade - 72

Capítulo 3 - Sociedade 2.0 - 79
1. Interacção social - 80
2. Inteligência colectiva como produto da interacção gerada pela mediação digital - 88
3. Identidade, pertença e presença em ambiente digital - 94
4. Redes sociais e comunidades virtuais - 97

Capítulo 4 - Redes Sociais - 105
1. Análise de redes sociais - 106
2. Modelos e teorias de redes - 114
3. Propriedades, elementos e dinâmicas - 122
4. Topologia e tipologia de redes sociais - 129
5. Plataformas de interacção: ambientes sociais na e em rede - 135 

Capítulo 5 - Plataformas e Redes Sociais na Internet - 147
1. Software social: social media como extensão dos self media - 148
2. Redes dentro de redes: dinâmicas sociais baseadas na técnica - 156
3. Redes sociais na Internet e capital social - 162

Capítulo 6 - Conteúdo como laço relacional - 169
1. Redes, comunidades e conteúdos - 170
2. Social media e participação em rede: consumidores 2.0, “prosumers” e “user-generated media” - 176
3. Web semântica e novas práticas sociais - 183

Capítulo 7 - A apropriação da rede pelas redes: estudo do caso #cablegate - 189
1. Mapeando redes sociais através do conteúdo - 191
2. Metodologia - 194
3. Estudo de caso #cablegate - 199
4. Discussão dos resultados - 259

Reflexões Finais - 271

Bibliografia - 275

Support:
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
União Europeia
Quadro de Referência Estratégico Nacional
Programa Operacional Factores de Competitividade
Universidade da Beira Interior