The Legacy of J.-J. ROUSSEAU, 300 Years After His Birth.

Organização: 

José Manuel Santos 

André Barata


Fez este ano 300 anos que Jean-Jacques Rousseau nasceu. Celebrar o seu legado, seja na sua manifestação política, seja no seu pensamento educativo, sem esquecer a sua antropologia e a sua singular obra autobiográfica, é celebrar parte significativa daquilo em que nos tornámos, individual e colectivamente, ao concebermo-nos como cidadãos democratas, racionalistas sentimentais, e educadores das gerações que nos seguirem. Não é difícil reconhecer a força dos conceitos políticos de Rousseau na concepção de soberania que nos formou –una e indivisível, a residir no povo. É óbvia a força transformadora de declarações como a de que «O homem nasceu livre, e por toda a parte ele está a ferros». O bom selvagem, como a vontade geral e o amor-próprio tornaram-se chaves operadoras de debates com a malignidade natural, as tiranias da maioria e o amor de si.

Num mundo tão mudado e precisado de outras mudanças, impõe-se às consciências perguntar: que luzes intelectuais Rousseau pode ainda, 300 anos depois, nos trazer. Tal é o tema do colóquio.










PROGRAMA

15 de Novembro


10h00-10h15

João Queiroz – Reitor da Universidade da Beira Interior

Paulo Serra – Presidente da Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior

José Manuel Santos – Presidente do Instituto de Filosofia Prática, Universidade da Beira Interior

André Barata – Instituto de Filosofia Prática, Universidade da Beira Interior


10h15-12h00

Catherine Larrère, Universidade de Paris I

Rousseau, les femmes et la citoyenneté 


Fernanda Henriques, Universidade de Évora

O pensamento político-educativo de Mary Wollstonecraft como um comentário crítico ao pensamento de Rousseau

 

14h00-16h00

Irene Borges Duarte, Universidade de Évora

Solidão e inquietude em J.-J. Rousseau. Uma abordagem existencial


Vanessa Brito, Universidade Nova de Lisboa

Deleuze, lecteur de Rousseau

 

16h30-18h30

Diogo Tourino de Souza, Universidade Federal de Viçosa, Brasil

O papel de Rousseau no constitucionalismo republicano


André Barata, Universidade da Beira Interior

Faz sentido um rousseaunismo nos dias de hoje?


16 de Novembro


9h30-12h30

Ana Cristina Araújo, Universidade de Coimbra

Linguagem e teoria política: a influência de Rousseau nos inícios do século XIX em Portugal.


Fernando Augusto Machado, Universidade do Minho

Epistemologia e política em J.-J. Rousseau: desvios e convergências de um marginal das Luzes.


Alexandre Franco Sá, Universidade de Coimbra

Rousseau e a questão da representação

 

14h00-16h00

Rui Tavares, Eurodeputado

Os censores no teatro: de Rousseau a Pombal


Bruno Bernardi, Universidade de Paris I

Repenser l’opinion publique avec Rousseau ?

 

16h30-17h30

Antônio Carlos dos Santos, Universidade Federal de Sergipe, Brasil

Rousseau e o ateísmo



Support:
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
União Europeia
Quadro de Referência Estratégico Nacional
Programa Operacional Factores de Competitividade
Universidade da Beira Interior