Jovens e culturas cívicas: Por entre formas de consumo noticioso e de participação

Para melhor compreender as dinâmicas que os jovens, muito em particular os portugueses, evidenciam em relação à participação e ao jornalismo – tentando escapar às visões reducionistas que meramente apontam para um afastamento –, lançámo-nos no desafio de melhor perceber os contextos de ação, os seus moldes e os seus propósitos. Estas matérias foram alvo de reflexão através de um estudo de caso longitudinal (2010-2012), realizado com 35 jovens com formas de participação diferenciadas, na intensidade e na diversidade, e com distintas proveniências sociais, culturais e económicas.

corpus permitiu melhor apreender e compreender contextos específicos e chegar a perfis quanto ao consumo de notícias (inclusive de política) e quanto à participação.

As tipologias apontam para uma realidade complexa, em que são marcantes os fatores familiares, os contextos sociais mais vastos e a vontade individual.

O Prefácio é assinado por Peter Dahlgren, professor emérito da Universidade de Lund, na Suécia, e um dos mais conceituados estudiosos das dinâmicas do jornalismo e das culturas cívicas, muito em especial entre os jovens. 

Open for more information

Support:
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
União Europeia
Quadro de Referência Estratégico Nacional
Programa Operacional Factores de Competitividade
Universidade da Beira Interior