Apresentação


Ao longo da história do cinema temos assistido a um complexo debate sobre a relação recíproca entre o cinema e as outras artes que se caracteriza, sobretudo, por um conjunto de esforços criativos e gestos experimentais de ambos os domínios, permeado por dialogismos que transitam entre a expressão das outras artes no cinema e a transmutação do cinema nas outras artes. Desde a defesa do valor estético da imagem em movimento até às formas mais híbridas construídas sob novos referenciais, o cinema está em constante relação de reciprocidade com as outras artes, quer seja por uma relação de tensão, de presença de uma na outra, ou em última instância, de diluição das fronteiras. Este campo investigativo encontra nas possibilidades operativas da intertextualidade e no regime dialógico da construção artística, processos metodológicos capazes de estruturar o discurso científico.
O encontro internacional O Cinema e as outras Artes terá a sua segunda edição nos dias 28 e 29 de setembro de 2017, na Universidade da Beira Interior. O seu principal objetivo passa por promover a discussão/reflexão sobre problemáticas atuais relativamente ao diálogo entre as diferentes formas de arte, tendo como ponto de contacto o cinema. Procurando reunir esforços para ensaiar hipóteses de leitura interdisciplinares e interculturais, são convidados a participar neste encontro, investigadores das diversas áreas científicas, com especial preponderância para os Estudos Fílmicos, os Estudos Artísticos e os Estudos Culturais, que, em diferentes domínios disciplinares e fases de investigação, se ocupam destas questões.

Programa


Quinta-feira, 28 de setembro de 2017

9.00 – 9.30 SESSÃO DE ABERTURA
Painel 1 – Sonoridades no Cinema
Moderação – Elsa Aleluia
9.30 - 11.00 | Anfiteatro da Parada
-
Fábio André dos Santos Martins - Experiência fenomenológica minimalista no cinema – Godfrey Reggio e Philip Glass
Filipa Magalhães - "A música já não pode viver mais sozinha". Diálogos entre música e cinema na obra de Constança Capdeville
Guillaume Bourgois - Ludwig (1972) de Luchino Visconti, ou o terrível (en)canto dos cisnes wagnerianos
Painel 2 – Cinema e Dança
Moderação – Rita Bastos
9.30 - 11.00 | Sala 2.02
-
Daniel Tércio - Dançando entre a performance de objetos e a fisicalidade de Monsieur Hulot
Juan José Domínguez López – El documental sobre Danza: Pina y Win Wenders dentro del escenario
Leonel Borges Brum - Videodança: um conceito mutável
Miguel Moreira Rodrigues - A Música e a Dança ao serviço de Judy Garland enquanto Ícone Gay
Painel 3 – Cinema e Fotografia
Moderação – Maria João Cortesão
9.30 - 11.00 | Sala 2.03
-
Alfonso Palazón Meseguer - La voluntad de estilo en el proceso del ensayo audiovisual
Ângela Ferreira - “Nynhã Aba” o livro de artista e a sua filmagem: uma narrativa sobre o retrato das nações indígenas brasileiras
Eduardo Brito) - Um Storyboard Involuntário: as fotografias de Nils Strindberg (1897) e os casos de Ingenjör Andrees luftfärd e En Frusen Drom (Jan Troell, 1982 e 1998)
Susan Felleman) - A parenthetical story about art: between the lines of Hollis Frampton’s (nostalgia)
Painel 4 – Cinema e Filosofia
Moderação – Fátima Chinita
9.30 - 11.00 | Sala dos Conselhos
-
Chantal Poch i Rodrigo - Edenes modernos: la naturaleza como metáfora fílmica del origen perdido
Diogo Nóbrega - Corpus: Aproximações da Performance e do Cinema
Paulo Alexandre e Castro - Rethinking human condition from Dogville (Lars Von Trier) with philosophy in the background
11.00 – 11.30 COFFEE - BREAK
Painel 5 – Cinema e Literatura
Moderação – M. F. Costa e Silva
11.30 – 13.30 | Anfiteatro da Parada
-
André Laender Pita - Análise da transformação do narrador na adaptação cinematográfica do livro O amor nos tempos de cólera
João Evangelista do Nascimento Neto - O Auto da Compadecida invade o cinema: uma análise dos processos de adaptação, direção e montagem da obra de Guel Arraes
Rui Pires - Avatares do mito de Electra em obras artísticas contemporâneas
Sérgio Bordalo e Sá - A ideologia do Estado Novo e os clássicos da Literatura: A visão de Lopes Ribeiro
Painel 6 – Cinema e outras Artes
Moderação – Luís Nogueira
11.30 – 13.30 | Sala 2.02
-
Henrique Muga - Outras Artes no Cinema de João César Monteiro
Luciana Bessa Diniz de Menezes - Cinema e outras artes: um olhar sobre as produções de alunos da rede pública municipal do Rio de Janeiro
Mariana Veiga Copertino F. da Silva – Cinema, Pintura e Literatura: o diálogo entre artes sob a ótica de Manoel de Oliveira
Painel 7 – Dialética das Artes na História do Cinema
Moderação – Alfonso Palazón
11.30 – 13.30 | Sala 2.03
-
Ana Isabel Albuquerque - Uma perspetiva ilustrada de fragmentos da vida e obra de François Truffaut. O caso Paula Bonet.
Bruno Grimm - The alteration of storytelling in Italian Cinema with reference to the visual arts
Paula Pires da Silva - Stromboli: a jornada do herói e as estruturas do imaginário no neorrealismo italiano de Rossellini
Renata Ferraz - As Diferentes Facetas da Sombra no Cinema de Max Ophuls
Painel 8 - Vanguardas artísticas
Moderação – Juan José Domínguez López
11.30 – 13.30 | Sala dos Conselhos
-
Elsa Aleluia - Uma hipótese de revolução, experimental, conversa com Ernesto de Sousa e Ana Hatherly a partir de Almada, Um Nome de Guerra, Revolution my Body n. 2, e Revolução
Felipe Muanis - Hipermediação e intera/vidade no Documentário 3.0 –
Steven Jacobs - Le Monde de Paul Delvaux (1946), Pygmalionism, and the Surrealist Art Documentary
Vito Adriaensens - The Forgotten Avant-Garde: Symbolism in Early Cinema
13.30 - 14.30 ALMOÇO
15.00 SESSÃO PLENÁRIA | Anfiteatro da Parada
Daniel-Henri Pageaux - Da palavra à imagem permanece o mistério da música - Sobre a adaptação fílmica de "Tous les Matins du Monde", romance de Pascal Quignard | Moderação – Anabela Branco de Oliveira
16.00 COFFEE - BREAK
16.30 Filme e debate | Anfiteatro da Parada
Zeus, de Paulo Filipe Monteiro | Moderação - Liliana Rosa
19.30 Apresentação do livro | Anfiteatro da Parada
Screening Statues: Sculpture and Cinema, de Vito Adriaensens/Susan Felleman/Steven Jacobs | Rita Bastos
20.30 JANTAR DO ENCONTRO
Inscrição

Sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Painel 9 – Cinema e Literatura
Moderação – Henrique Muga
9.30 - 11.00 | Anfiteatro da Parada
-
Luís Carlos Pimenta Gonçalves - João Botelho: um certo olhar sobre a Literatura
Maria José Figueiredo - Autoridade e não-violência em To kill a mockingbird, de Harper Lee/Robert Mulligan
Paulo Jorge Augusto Matos - Capuchinho Vermelho: lupificação da mulher ou a dupla face da loba
Painel 10 – Cinema e Artes Performativas
Moderação – Rita Bastos
9.30 - 11.00 | Sala 2.02
-
Fátima Chinita - “Roy Andersson’s Tableau Aesthetic: A Cinematic Space between Painting and Theatre”
José Alberto Ferreira - A seguir: entre cinema e performance
José Manuel Martins - Intermedia do morto: sobre a remediação gueriniana da figuração do feminino como espectro da ausência
Samara Azevedo de Souza - O corpo em diálogo com a câmera: a videoperformance em estudos de caso
Painel 11 – Cinema e Filosofia
Moderação – Nelson Araújo
9.30 - 11.00 | Sala 2.03
-
António Júlio Rebelo - "Five Dedicated to Ozu" de Kiarostami: a poética das imagens sem tempo
M.F.Costa e Silva - Far beyond the framework - Deleuze’s concept of out-of-field and interceptions between the cinema of Ozu and Canijo
Vanessa Mendes Martins - D’O Sabor da Cereja de Abbas Kiarostami à insípida existência de Albert Camus
Painel 12 – Conjeturas Artísticas
Moderação – Carlos Alberto de Matos Trindade
9.30 - 11.00 | Sala dos Conselhos
-
Anabela Branco de Oliveira - Cinema, Pintura e Van Gogh: a essência do “não-citável”
Luís Nogueira - O cinemático e o poético: escassez e intensidade
Miguel Errazu - Ecologías del cine: poéticas del trabajo en los proyectos audivisuales de Pierre Huyghe
Raquel Pacheco - Estratégias, Metodologias e Ferramentas para que crianças e jovens apreciem o cinema europeu e transformem-se em audiências ativas
11.00 – 11.30 COFFEE - BREAK
Painel 13 – Cinema e Literatura
Moderação – Maria José Figueiredo
11.30 – 13.30 | Anfiteatro da Parada
-
Elisabete Marques - Dar a palavra. Sobre Veredas de João César Monteiro
Francisco Ricardo Cipriano Silveira - Synecdoche, New York: O Filme Pela Figura
Kathryn Bishop-Sanchez - Screening Madame Bovary (1949): “A Monstrous Creation” of “Degenerate Imagination”?
Maria do Socorro Aguiar Pontes Giove - Maria do Socorro Aguiar Pontes Giove
Vítor Ferreira - Um adeus à linguagem: solidão e distância em Jean-Luc Godard e Rui Nunes
Painel 14 – Cinema e Artes Plásticas
Moderação – Ana Catarina Pereira
11.30 – 13.30 | Sala 2.02
-
Ana Sécio - Uma objetiva num Museu em Luanda e a perseguição da Palanca Negra Gigante em fuga
Carlos Alberto de Matos Trindade - Pintura, Fotografia e Cinema: as imagens cinematográficas e as referências picturais no tratamento da cor e da luz
Maria Elisa Coelho de Almeida Trindade - A utilidade do desenho na conceção visual da narrativa fílmica
Paulo Miguel Borges Antunes - O Efeito do Cinema na Arte Contemporânea: a Videoarte
Painel 15 – Conjeturas Artísticas
Moderação – Felipe Muanis
11.30 – 13.30 | Sala 2.03
-
Diana Neiva/Steven Gouveia - O cinema estrutural de Conrad: um enquadramento pós-modernista
José Alberto Pinto - Cinema Expandido: origens e contributos
Maria João Cortesão - A comunicação da marca Prada e o diálogo com o espetador: um discurso Inusitado e Surpreendente
Maria Mire - Aparatos disruptivos: a imagem em movimento e os dispositivos artísticos
13.30 - 14.30 ALMOÇO
14.30 SESSÃO PLENÁRIA | Anfiteatro da Parada
Paulo Filipe Monteiro - Nas imagens em movimento, quem dança? | Moderação - Liliana Rosa
16.00 COFFEE - BREAK
16.30 Filme e debate | Anfiteatro da Parada
Tous les Matins du Monde, de Alain Corneau | Moderação - Anabela Branco de Oliveira
19.00 Apresentação do livro | Anfiteatro da Parada
Literatura e Cinema – Vergílio Ferreira e o espaço do indisível, de Luís Miguel Cardoso | Anabela Branco de Oliveira
19.15 Apresentação do livro | Anfiteatro da Parada
Os Pobres no Cinema de Manoel de Oliveira de Renata Junqueira (org) – Nelson Araújo
19.30 ENCERRAMENTO DOS TRABALHOS

Oradores



Hollander

Daniel-Henri Pageaux (1939)
Professor emérito de Littérature Générale et Comparée na Sorbonne Nouvelle/ Paris III onde ensinou de 1975 a 2007.
Hispanista e lusitanista de formação (Agrégé d’espagnol, 1961, Docteur ès lettres 1975), orientou a sua investigação na área das literaturas francófonas da África Negra, das Américas e do Oceano Índico. É co-diretor da Revue de Littérature comparée e membro correspondente da Academia de Ciências de Lisboa.
Publicou, até à data, cerca de trinta obras : ensaios de crítica literária e de literatura geral e comparada : Les Ailes des mots. Critique littéraire & poétique de la création (Paris, L’Harmattan, 1994) et L’œil en main. Pour une poétique de la médiation (Paris, Maisonneuve, 2009), manuais de literatura comparada, tais como La littérature générale et comparée, Paris, Colin, 1994 (com tradução em romeno, macedónio, chinês e arabe), Naissances du roman (Klincksieck, 1995, reeditado em 2006, traduzido em italiano, Palerme, 2003), Histoire de la Littérature espagnole, Ellipses, 2002 e reeditado em 2015).
É editor do escritor português Miguel Torga (La création du monde, Garnier/Flammarion, 1999) e L’homme pressé de Paul Morand (Romans, collection « La Pléiade », Gallimard, 2004). Sobhi Habchi/CNRS editou um livro de entrevistas suas, intitulado Les Nuits carnutes (éd. J. Maisonneuve, 1999). Foram-lhe oferecidos três volumes d’Hommage, intitulados Plus Oultre I, II, III, coordenados por Sobhi Habchi, editados na L’Harmattan em 2007, 2011 e 2016, respetivamente consagrados à literatura geral e comparada, às literaturas ibéricas, à crítica literária e às francofonias.
Sob dois pseudónimos, publicou, também, três romances : dois em língua francesa (Michel Hendrel, Le sablier retourné, éd. Belfond, 1989 ; Le système décimal, éd. Belfond, 1992) e um em língua espanhola (León Moreno, Como fiel amante o la invención del Lazarillo, Madrid, éd. Turpin, 2012).
Obras publicadas mais recentemente : Itinéraires comparatistes, 2 vol. nas éd. Jean Maisonneuve, Paris, 2014 ; Lectures indiaocéanes. Essais sur les francophonies de l’Océan Indien, éd. Jean Maisonneuve, 2016.

Grilo

Paulo Filipe Monteiro
Professor Catedrático em “Comunicação, Artes e Cultura” do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Nova de Lisboa. Fundador e Coordenador do Mestrado em Artes Cénicas; Coordenador da variante de Comunicação e Artes do Doutoramento em Ciências da Comunicação, na mesma Universidade. Atua nas seguintes áreas de investigação: drama, espectáculo, performance, cinema, cinema português, escrita para cinema e televisão, ficção e estética. É doutor em Ciências da Comunicação e agregado em Teorias do Drama e do Espectáculo. Foi professor convidado nas Universidades de Coimbra, Évora, Santiago de Compostela, Federal da Bahia, Federal do Maranhão, Estadual e Federal do Rio de Janeiro. Foi presidente da Associação Portuguesa de Argumentistas e Dramaturgos (2002-2006) e Fundador e Membro da Direcção da Federation of Scriptwriters in Europe (2005). Obteve o Prémio Joaquim de Carvalho para o livro "Drama e Comunicação" (posteriormente editado no Brasil pela Annablume) e o Prémio Revelação da Crítica de Teatro em 1981.
Iniciou actividade no teatro em 1978. Em 1981, ganhou o Prémio Revelação da Crítica, com o espectáculo Drama em Gente. Fez, desde então, a dramaturgia e encenação de 16 espectáculos. Como actor, participou ainda em várias peças, em dez longas-metragens portuguesas e estrangeiras e em 39 telefilmes e séries de televisão. Escreveu a adaptação da novela de Camilo A Viúva do Enforcado, realizada por Walter Avancini. Escreveu oito longas-metragens. Escreveu a peça de teatro Área de Risco, estreada em 1999 na Fundação Gulbenkian. Tem feito dramaturgia para espectáculos de dança. Realizou o filme de 25 minutos Amor Cego (2010, vencedor do Prémio do Júri no Festival Córtex, seleccionado para os Caminhos do Cinema Português, em Coimbra, exibições em Fevereiro de 2011 na Cinemateca Portuguesa, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, no Festival Shortcutz); e estreou em Janeiro de 2017 a sua primeira longa-metragem, Zeus (já com 7 prémios em Portugal e um em Mombai).


Chamada de Trabalhos


A organização O Cinema e as Outras Artes convida toda a comunidade científica, a submeter propostas originais que se enquadrem na dinâmica do evento, de 20 de janeiro a 31 de maio de 2017.
Cada proponente poderá apresentar apenas uma proposta de comunicação.
As comunicações poderão ser apresentadas por coautores, desde que um dos proponentes esteja devidamente inscrito no encontro.
Todas as comunicações terão a duração máxima de 20 minutos, independentemente do número de coautores.

Resumos:
Os resumos devem ser enviados em formato Word document ou PDF para o email c_@labcom.ubi.pt, incluindo a seguinte informação:

  • Autor(es)
  • Filiação institucional
  • Título da proposta
  • Resumo (máx. 500 palavras) mais cinco palavras-chave
  • Biografia de cada autor (máx. 150 palavras)

Artigos finais:

  • Os artigos finais selecionados serão incluídos no e-Book do evento a ser editado por LabCom.IFP.

  1. Instruções para os autores:
    • A contribuição é original e inédita e não se deve encontrar sob revisão ou para publicação por outra edição. Os artigos, bem como a autorização de publicação das imagens, são da exclusiva responsabilidade dos autores.
      São aceites artigos em Português, Inglês, Francês e Espanhol. O formato para submissão deve ser em Microsoft Word. As imagens devem ser incluídas no texto e ser enviadas em separado (formato JPEG, PNG, PDF com 300 dpi de resolução)
  2. O artigo deve seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos a seguir descritos:
    1. O artigo deve ter no máximo 15 páginas e seguir a seguinte estrutura:
      Título do artigo;
      Autor;
      Instituição/ Afiliação;
      Resumo e Palavras-Chave;
      Texto;
      Referências bibliográficas e filmográficas;
    2. Referências bibliográficas e filmográficas:
      As referências devem seguir as normas APA (American Psychological Association).
    3. Citações:
      As citações no texto e notas de rodapé devem seguir as normas APA (American Psychological Association).
    1. Imagens: O artigo pode conter imagens inseridas ao longo do texto. Todas as imagens devem conter uma legenda com o formato: "Imagem 1: conteúdo da legenda" (Não serão publicadas imagens sem legenda).
    2. Formatação do texto:
      Título do artigo: Times New Roman, corpo 14, parágrafo a espaço e meio, alinhamento à esquerda.
      Autor, Instituição: Times New Roman, corpo 12, parágrafo a espaço e meio, alinhamento à esquerda.
      Resumo e Palavras-Chave: Times New Roman, corpo 10, parágrafo espaço simples, alinhamento justificado.
      Corpo do texto: Times New Roman, corpo 12, parágrafo a espaço e meio, alinhamento justificado.
      Notas de rodapé/final de página: Times New Roman, corpo 10, parágrafo espaço simples, alinhamento justificado; as notas devem seguir a numeração árabe.
      Citações: As citações com 40 ou mais palavras devem ser sparadas do corpo do texto por um parágrafo, corpo 10, parágrafo espaço simples, alinhamento justificado.
      Referências bibliográficas e filmográficas: Times New Roman, corpo 12, parágrafo a espaço e meio, alinhamento justificado.

Idiomas de trabalho:

  • Português, Inglês, Espanhol e Francês

Calendário

  • 20.01.2017 - 15.05.2017 31.05.2017 – Submissão de propostas
  • 15.06.2017 – Notificação dos autores com propostas aceites
  • 10.07.2017 – Data limite para inscrição dos autores com propostas aceites
  • 20-25.07.2017 – Envio do programa provisório para alterações
  • 01.09.2017 - Divulgação do programa final
  • 28-29.09.2017 – Encontro O Cinema e as outras Artes

Inscrição


A inscrição no evento terá uma taxa de inscrição no valor de 40€ para todos os participantes com propostas aceites e que desejem confirmar a sua presença no evento.

A taxa de inscrição inclui: material, coffee breaks, participação e certificado (digital).


Para formalização da inscrição é necessário enviar um e­mail para c_@labcom.ubi.pt com a seguinte informação:

  • Nome completo
  • Instituição (se aplicável)
  • Profissão, Ocupação ou Curso Frequentado
  • E-mail de contacto
  • Morada
  • Comprovativo de transferência bancária
  • [Para efeitos de recibo solicita-se também a indicação do NIF]

Dados para transferência bancária:

  • Banco SANTANDER TOTTA
  • IBAN PT50 0018 0003 23220304020 89
  • SWIFT code TOTAPTPL

Os residentes no estrangeiro têm a possibilidade de efetuar o pagamento da inscrição no ato do check-in.

Nota: O evento é aberto a toda a comunidade científica interna ou externa à Universidade da Beira Interior. Todos aqueles que pretendam assistir ao mesmo poderão fazê-lo gratuitamente e sem qualquer tipo de inscrição prévia.

Comissões


Comissão Científica

  • Abílio Hernandez Cardoso
    Faculdade de Letras, Universidade de Coimbra (PT)
  • Ana Isabel Soares
    Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade do Algarve (PT)
  • António Costa Valente
    Departamento de Comunicação e Arte, Universidade de Aveiro | Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (PT)
  • Antonio Fatorelli
    Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro (BR)
  • António Preto
    Escola Superior Artística do Porto (PT)
  • Carlos Melo Ferreira
    Escola Superior Artística do Porto (PT)
  • Carmen Peña-Ardid
    Facultad de Filosofía y Letras, Universidad de Zaragoza (ES)
  • Daniel-Henri Pageaux
    Sorbonne Nouvelle, Université de Paris III (FR)
  • Daniel Tércio
    Instituto de Etnomusicologia | Centro de Estudos em Música e Dança, Universidade de Lisboa (PT)
  • Dietrich Neumann
    Department of the History of Art and Architecture | Urban Studies, Brown University (DE)
  • Francisco Paiva
    Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior (PT)
  • François Penz
    Department of Architecture, University of Cambridge (FR)
  • Jord den Hollander
    Cineasta, arquiteto e diretor do Architecture Film Festival Rotterdam (NL)
  • Jorge Gorostiza
    Arquiteto e Urbanista, Gobierno de Canarias, (ES)
  • Luís Nogueira
    Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior (PT)

  • Luís Urbano
    Faculdade de Arquitectura, Universidade do Porto (PT)
  • Manuel Deniz Silva
    Instituto de Etnomusicologia | Centro de Estudos em Música e Dança, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Maria Da Luz Correia
    Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho | Universidade dos Açores
  • Maria do Rosário Lupi Bello
    Departamento de Humanidades, Universidade Aberta (PT)
  • Margarida Medeiros
    Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Maria Irene Aparício
    Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Maria João Castro
    Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Mirian Tavares
    Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade do Algarve (PT)
  • Paulo Filipe Monteiro
    Universidade Nova de Lisboa
  • Paulo Serra
    Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior (PT)
  • Sérgio Guimarães de Sousa
    Instituto de Letras e Ciências Humanas, Universidade do Minho (PT)
  • Susana Nascimento
    Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Susana Lourenço Marques
    Faculdade de Belas Artes, Universidade do Porto (PT)
  • Tito Cardoso e Cunha
    Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior (PT)
  • Vasco Carvalho
    Escola das Artes, Universidade Católica do Porto (PT)


Comissão Organizadora
  • Anabela Branco de Oliveira
    UTAD | LabCom.IFP
  • Ana Catarina Pereira
    LabCom.IFP
  • Liliana Rosa
    IFILNOVA, FCSH.UNL
  • Manuela Penafria
    LabCom.IFP
  • Nélson Araújo
    CEAA / ESAP
  • Rita Bastos
    LabCom.IFP
Comissão Executiva
  • Mércia Pires
    Secretariado
  • Sara Constante
    Design
  • Susana Costa
    Web Developer / Apoio Informático
  • Delfina Rodrigues
    Tradução
  • LabCom.IFP
    Apoio Logístico

Contactos

Geral:
c_@labcom.ubi.pt

Localização

Universidade da Beira Interior
Faculdade de Artes e Letras
Departamento de Comunicação e Artes
Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã, Portugal

Telefone
(+351) 275 242 023 / ext. 1201

Facebook

Informações Úteis


De transportes públicos:

  • A partir de Lisboa - comboio ou de autocarro (duração média da viagem: 3h30 a 4h)
  • A partir do Porto - autocarro (duração média da viagem: 3h30 a 4h)


De carro:

  • A partir de Lisboa - autoestradas A1 e A23
  • A partir do Porto - autoestradas A1, A25 e A23
  • GPS: +40° 16' 40.31" -7° 30' 32.30"


Alojamento: